terça-feira, 15 de setembro de 2009

'os laços invisíveis que haviam'

FOTO DO MEU ÁLBUM PESSOAL
Vivemos com a intenção de sermos felizes, tudo o que fazemos, se fazemos é para atingir alegria plena, mas isso é muita teoria e pouca prática, se fossemos colocar em uma lista o que desperdiçamos, por medo de arriscar, por julgar demais ou por falta de coragem de voltar atrás e assumir os erros, seria uma lista bem extensa e provavelmente maior do que a lista do que fazemos para gozar a vida que nos foi dada.

Devemos nos lembrar que só somos felizes de verdade quando experimentamos tristeza de tamanho equivalente a essa felicidade, por isso o medo de arriscar é estupidez. Outro ponto que deve ser ressaltado é que a alegria quando não se tem alguém pra dividi-la é triste, e a dor é muito mais fraca quando pode ser repartida entre muitos, por isso façamos laços que nos permitam dividir felicidades e tristezas, façamos um mundo melhor, na prática.

-
"O que vai ficar na fotografia
São os laços invisíveis que havia

As cores, figuras, motivos
O sol passando sobre os amigos
Histórias, bebidas, sorrisos
E afeto em frente ao mar."
(Fotografia - Leoni)

Um comentário:

  1. "Coragem é o poder de deixar o familiar." (Raymond Linquist)

    ResponderExcluir